.

.

segunda-feira, 15 de dezembro de 2008

MORDAÇA NO ESTADÃO, O LANÇAMENTO

Hoje à noite fui ao lançamento do livro-reportagem Mordaça no Estadão do jornal O Estado de São Paulo de autoria do jornalista José Maria Mayrink, sobre as matérias censuradas no regime militar, quando entrou o AI-5, em 13 de dezembro de 1968. O lançamento foi na livraria Cultura do Conjunto Nacional na Avenida Paulista, centro de São Paulo. Muitos jornalistas presentes, alguns que conheço porque escrevem diariamente ou semanal no jornal O Estado de São Paulo, entre eles, Daniel Piza. O jornalista Carlos Brickmann do jornal Diário de São Paulo. Fiquei surpreso, esperava um número expressivo de políticos, mas o tempo que fiquei lá ( 20 minutos só na fila para o autográfo e mais uma hora circulando pela livraria) encontrei apenas o ex-governador de São Paulo e atual secretário municipal de Negócios Jurídicos, Cláudio Lembo (DEM).

o livro é magnífico para quem gosta do tema e para aqueles que se interessam mais sobre a história política e jornalística do país, o livro nos leva a era da ditadura militar e faz lembrar - jamais podemos esquecer - o momento sombrio que passamos, onde a liberdade de expressão era praticamente zero; o que valia mesmo era a canetada dos despreparados membros do governo militar que agiam de forma áspera, grosseira a quem contrariasse o pensamento e as ações do governo militar. O livro Mordaça no Estadão é leitura indispensável para alunos de comunicação social.
Bookmark and Share

Nenhum comentário:

Postar um comentário