.

.

segunda-feira, 8 de novembro de 2010

A IMPUNIDADE VESTE COLARINHO BRANCO

O senador Pedro Simon (PMDB), lançou neste fim de semana na 56ª Feira do Livro de Porto Alegre (RS), a obra "A impunidade veste colarinho branco". É um livro crítico com a situação do país, onde mostra que o jeitinho brasileiro prevalece em todo lugar, principalmente na política.

De forma irônica, no estilo Pedro Simon, o livro critica fortemente a impunidade de políticos e cita frases conhecidas do povo: “tudo vai acabar em pizza”, “você sabe com quem está falando ?”. Essas e outras expressões compõe o primeiro parágrafo do livro.

No livro, Simon tece uma comparação de como haja a polícia com os políticos criminosos e quais as táticas ela usa quando com o povão. Com os delinquentes, a polícia é sempre preconceituosa e grosseira. Para gente importante, a polícia age de forma complacente e até solidária num processo de prisão.

Crítica, irônica e direta, Pedro Simon fecha a obra na contra capa do livro com a frase: “Os crimes de colarinho branco, vicejam porque semeados e fertilizados, pela impunidade. Para o rico, a justiça faz plantão para soltá-lo. Para o pobre, a polícia faz plantão para prendê-lo”.

Bookmark and Share

Nenhum comentário:

Postar um comentário